Saltar para o corpo principal da página

Cras de Machadinho promove campanha de prevenção contra violência da mulher

Data: 17/06/2020

A violência contra mulher vem ganhando cada vez mais notoriedade nos últimos anos. De acordo com os dados da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos a partir de março com o surgimento da COVID 19 e a necessidade de isolamento social o número de denúncias de violência doméstica teve um aumento de 36%. O isolamento social de famílias inteiras tem causado um efeito perigosamente adverso porque o confinamento obriga vitimas a conviverem com seus agressores por longo período.

Diante desse contexto, segundo as técnicas do Centro de Referência da Assistência Social-CRAS Sra. Emanuele Borges e Déborah Polo, os serviços e a forma de atendimento ao público sofreram alterações e tiveram que ser reorganizados, entretanto, as questões emergentes na sociedade não deixaram de ser consideradas, especialmente a temática da violência contra mulher que em tempos de pandemia se tornou uma doença social.

O CRAS está lançando a campanha titulada como “Fique em casa: Isolada SIM, Sozinha NÃO”, que tem por objetivo prevenir, disseminar a informação e possibilitar que vitimas desse tipo de violação possam continuar contando com a rede de proteção, pois mesmo diante desse momento de fragilidade não estão sozinhas no enfrentamento.

A operacionalização da campanha dar-se-á por meio de plataformas das redes sociais, cartazes informativos, divulgação em carro de som, meios de comunicações locais, bem como, a implementação uma rede de apoio que esteja mais próxima das vitimas, facilitando as denúncias e o combate a violência de forma mais expressiva.

Ouça a Entrevista com as profissionais Emanuele Borges - Assistente Social e a Psicologa Debora Polo


Arrow_Owl
Gallery big ae6f8421a4d0c6a4a7db900430b72b22
noticia.png